Como superar uma traição - Dicas, Aprenda Como fazer, Tutorial e Livros.

Tutomania - Dicas, Aprenda Como fazer, Tutorial...

Login:
Senha:
Salvar |  Cadastre-se

 

Home | Arquivo | Envio | Jogos Online | Política de Privacidade | Contato

Ser Humano e Sociedade / Relacionamento

Como superar uma traição


DOCUMENTO:


ESTATÍSTICAS:

Comentários: 1 comentários (Comentar)
Nota: (Dar Nota)
Valor: 10 crédito(s)
Enviado por: camilapalmeira (478)
Publicado em: 20/06/09 21:16hs.

LINKS PATROCINADOS:

DOCUMENTO:

Perdoar ou não? Se você desconfia de que está sendo traído, converse com seu parceiro(a). A sugestão é da psicanalista Renata Lommez. "Se a infidelidade for comprovada, veja se há ou não condições de perdoar", orienta ela. Conheça os sinais mais comuns que podem denunciar uma possível traição e saiba como agir se essa vilã surgir algum dia em seu casamento

 

10 atitudes de um traidor(a)

1. Não demonstra mais interesse por sexo.
2. Fica mais amável do que o normal.
3. Ele(a) se irrita com muita facilidade.
4. Leva o celular até quando vai ao banheiro.
5. Atende algumas ligações escondido.
6. Costuma exagerar nas crises de ciúme. 
7. Anda gastando mais que o habitual.
8. Trabalha até tarde e vive tendo reuniões no final de semana.
9. Ficou vaidoso(a) e comprou roupas novas.
10. Tem sempre desculpa para os atrasos: trânsito, futebol com amigos, pneu furado...

Como começar essa conversa difícil


Se você não tem certeza da infidelidade
Mantenha a tranquilidade para não perder a razão: quanto mais calmos os dois estiverem, melhor será o diálogo. Fale sobre as mudanças no comportamento dele e diga o que incomoda você. Questione se ele está com algum problema e se pode ajudá-lo. “Se a traição não aconteceu, meça as palavras nessa hora para não colocar seu relacionamento em risco”, alerta a psicóloga Kelen de Bernardi Pizol. 

Se você tem provas de que ele é infiel
A raiva pode cegar você, impedindo de pensar de maneira clara e racional. Tomar atitudes sob o impacto da dor costuma gerar arrependimento depois. Pare e reflita se vai conseguir perdoar e conviver com a nova realidade, ou se o melhor a fazer é seguir sua vida sem o parceiro. Ao conversar, se coloque em primeiro lugar e veja se ele também está disposto a lutar pela relação.

Livre-se dos palpiteiros
Não se deixe influenciar pela opinião de familiares ou amigos. Apesar de eles quererem seu bem, a escolha é sua: só você sabe avaliar a relação conjugal. 

Dediquem-se à reconciliação
A partir de agora, a história do casal deverá ser diferente: vocês dois precisam se comprometer em ser honestos um com o outro. 

Obrigue seu parceiro a romper com a outra
Se vocês querem dar a volta por cima, exija fidelidade a partir de agora. Por isso, seu parceiro deve abandonar qualquer contato com a outra mulher.

Esforce-se para esquecer o que aconteceu
É difícil apagar a mágoa, mas ficar jogando a traição na cara dele pode acabar com a tentativa de reconciliação. Recomece a relação de peito aberto. 

Não tente punir seu companheiro
Não use a traição para menosprezar seu companheiro ou ficar punindo-o a todo momento. O que passou, passou. 

Tire uma lição dessa crise conjugal
Em primeiro lugar, cuide-se mais. Depois, esteja mais presente na vida dele. Por fim, mas não menos importante, seja feliz! Você merece.

Fuja de um pacto com o sofrimento
Se você decidir acabar com a relação, reaja ao sofrimento. É natural passar por uma fase de dor e solidão, mas não fique se martirizando por isso. 

Cerque-se das pessoas queridas
Não dispense a companhia dos amigos e da família. E não tenha vergonha de pedir a ajuda deles se o fardo estiver muito pesado para carregar sozinha. 

Não arraste o passado para o futuro
Mude os móveis de lugar, pinte uma parede de outra cor e tire as fotos dele da sua frente. Livre-se das lembranças do passado para ter um futuro melhor.

Tire o ex da sua vida
Se não tiver filhos, corte o contato com o ex: apague os e-mails dele e troque o número do seu celular. 

Cuide de si mesma

Faça ginástica, terapia e o que mais puder para se tornar uma mulher mais independente. Isso evitará aqueles terríveis quilos a mais pós-separação... 

Saia da toca
Procure novos lugares para se divertir. Valem restaurantes, bares, cinemas... Nada de remoer o passado em casa! 

Respeite seu tempo

Espere o momento certo para se envolver em uma nova relação amorosa. Seu coração vai indicar a hora certa.

1. Nunca entregue sua felicidade numa bandeja
Não seja uma mulher totalmente dependente do seu parceiro! 

2. Pare de fiscalizar celular e e-mail
Isso não evita uma possível traição. A desconfiança gratuita só faz mal a você mesma.
Ninguém é dono de ninguém. 

3. Não perdoe só porque
Tem medo de ficar sozinha Essa é a maior fria em que você pode entrar. Cuidado para não confundir amor com dependência emocional. Valorize-se!

4. Jamais parta para a agressão física
Se ele revidar, a situação fica séria. Nenhuma história de amor merece terminar na delegacia. 

5. Não coloque seus filhos no meio da confusão
O problema é do casal. Por isso, a relação com os filhos deve ser preservada ao máximo. 

6. Não jogue as crianças contra o pai
Se a decisão de se separar for tomada e os dois estiverem com a cabeça fresca, conversem juntos com os filhos. 

 

VEJA TAMBÉM:

COMENTÁRIOS:

camila mota muito bom camila     24/06/2009 17:08hs.
esse texto me fez pensar em algumas coisas. vlw xará. hehe
obg

Comentar:

Título:
Autor:   Anônimo (Efetue login para comentar identificado)
Comentário:    

OPÇÕES

ENTRE COM SEU LOGIN E SENHA

Olá visitante! Para interagir com este documento, você precisa estar logado.

Login:
Senha:  
Salvar Dados  |  Cadastre-se!

O cadastro é gratis! É muito fácil e rápido fazer o seu cadastro.

Home | Termos de Uso | Sobre o Tutomania | Publicidade | Contato
2005 - 2013 ® Tutomania.