Fabrico Ecológico de Sabão e sabonetes - Dicas, Aprenda Como fazer, Tutorial e Livros.

Tutomania - Dicas, Aprenda Como fazer, Tutorial...

Login:
Senha:
Salvar |  Cadastre-se

 

Home | Arquivo | Envio | Jogos Online | Política de Privacidade | Contato

Indústria / Higiene

Fabrico Ecológico de Sabão e sabonetes

Este artigo ensina a reciclar como sabão e sabonete um poluente doméstico comum: os óleos alimentares usados.


DOCUMENTO:


ESTATÍSTICAS:

Comentários: 2 comentários (Comentar)
Nota: 9 (1 votos) (Dar Nota)
Valor: 10 crédito(s)
Enviado por: lpontes (1)
Publicado em: 12/01/06 07:13hs.

LINKS PATROCINADOS:

DOCUMENTO:

 

FABRICO ECOLÓGICO DE SABÃO E SABONETES



Quase todas as receitas disponíveis no Brasil são baseadas no uso de uma base de glicerina, préfabricada. Ou seja, não se trata realmente de fabricar sabão mas sim de dar cor, aromas ou aditivos a sabão neutro já fabricado.


Na Europa, fazemos do fabrico artesanal de sabões um acto ecológico que, entre outras vantagens ambientais permite a reciclagem de um poluente doméstico terrível: os óleos alimentares usados. De facto, um litro de óleo de fritura libertado no ambiente (despejado na pia!) polui de forma permanente mais de 20 000 litros de água!


O fabrico caseiro de sabão e sabonetes é um modo natural e alternativo de nos livrarmos desse subproduto da nossa alimentação de um modo ecológico.


As receitas que se seguem são indicativas. Você pode e deve criar: Todas as gorduras podem ser usadas para a saponificação. Mantenha as porporções entre a gordura, a soda cáustica e a água e obterá sempre Sabão. Boa sorte!


Os sabonetes não são todos iguais. Cada um é único e específico para um determinado tipo de pele. Portanto, descubra quais os que melhor se adequam à sua pele. E faça-os!


1. Pele Normal: sabonetes com ingredientes como mel, algas ou ginseng.


2. Pele Seca: sabonetes com aveia, amêndoa ou óleos finos.


3. Pele Oleosa: sabonetes com hamamélia.


4. Pele Sensível: sabonetes com glicerina.


Material necessário:



Um recipiente resistente à soda cáustica, por exemplo em aço inoxidável, com capacidade para levar 4 a 6 copos de líquido;

um recipiente mais pequeno;

uma colher de pau ou espátula;

dois termómetros em vidro ou aço inoxidável (os de culinária servem);

protecção para os olhos (uns óculos de sol servem);

luvas de borracha;

balança;

moldes de plástico;

copo de medição.


As receitas que se seguem são de sabonetes com uma pequena adição de óleo. Este tipo de sabonete é ideal para as pessoas com a pele muito seca e ressequida. A gordura recomendada é o óleo de rícino. Assim, adicione sempre 2 a 4 colheres deste óleo emoliente ou de outro que considere útil. Pessoalmente, não gosto do cheiro do óleo de rícino pelo que adiciono azeite extra-virgem de oliveira, com excelentes resultados. Estas adições são sempre feitas a frio, depois do sabão já estar formado, pois se feitas a quente também esta gordura que se quer em excesso seria transformada em sabão.



Sabonete 1


Ingredientes:


Óleo de coco (4,5 dl)

Óleo de oliva usado(4,4 dl)

Óleo vegetal usado(1,2 dl)

Soda cáustica (1 dl)

1 copo de água

Temperatura (água e soda cáustica): aproximadamente 50º


Tempo nos moldes: 48 horas


Sabonete 2


Ingredientes:


Manteiga de cacau (2,2 dl)

Óleo de palma (1,5 dl)

Óleo de rícino (1 dl)

Soda cáustica (0,6 dl)

1 copo de leite frio

1 copo de água

1 colher de óleo essencial à sua escolha (ou 2 sacos de chá de camomila e 2 sacos de chá de jasmim)

Óleos: aquecidos a 100º


Dissolva a soda cáustica na água fria. Adicione todos os ingredientes, excepto os óleos essenciais, e mexa bem. O processo demora aproximadamente 30 segundos até a mistura ficar lisa e com uma cor uniforme. Adicione então os óleos essenciais, com a massa já apenas morna. Derrame-o nos moldes. E deixe solidificar durante 48 horas. Depois é só desenformar com a ajuda de uma espátula.


Tudo em 10 etapas


1) Aqueça o óleo


Introduza o óleo num recipiente resistente e meça a temperatura com um termómetro de vidro ou aço inoxidável. Seja preciso e aqueça os ingredientes sempre à temperatura especificada na receita.



2) Proteja os olhos e calce umas luvas de borracha.


3) Coloque 2 copos de água no recipiente mais pequeno. É importante que ela esteja fria. Se adicionar a soda cáustica à água quente a água entra em ebulição e salta para fora do recipiente. Assim, adicione lentamente a soda cáustica à água que ficará quente de imediato. Continue a mexer a água com a colher de pau até que a soda cáustica se dissolva. Espere até que a mistura alcance a temperatura especificada na receita.


4) Deixe a mistura soda cáustica/água arrefecer um pouco e depois adicione-a ao óleo previamente aquecido.


5) Misture bem a soda cáustica, a água e o óleo. O aspecto deverá ser uma mistura fina e aquosa. No entanto, gradualmente a soda cáustica e o óleo reagem quimicamente e a mistura começará a engrossar e a ficar opaca. Para verificar se a mistura está pronta a ser colocada nos moldes faça um traço sobre a mesma. Com tal, deve desenhar uma linha no sabonete com uma espátula. Se o traço ficar marcado o sabonete está pronto a ser introduzido nas formas.


6) Antes de colocar o sabonete nos moldes de plástico adicione um pouco de óleo essencial e mexa por alguns minutos, o tempo suficiente para incorporar o óleo.


7) Depois coloque-o em formas e espere até endurecer. Normalmente, o tempo de molde é de 48 horas.


8) Passado o tempo de molde é altura de desenformar. Nesta fase, o sabonete é ainda áspero, por isso, calce umas luvas de borracha e pressione no fundo da forma para libertar o sabonete. Para facilitar o processo poderá deixar o sabonete durante algumas horas no congelador. Quando congelado o sabonete fica duro e liberta-se mais facilmente.


9) Espere o tempo especificado na receita para o sabonete "envelhecer", dura geralmente 3 semanas. Durante o envelhecimento, o pH do sabonete diminui e torna-se mais suave.


10) Na fase de "envelhecimento" do sabonete é frequente formar-se um pó fino branco na superfície ao qual se designa carbonato de sódio.


Há uma maneira para evitar que o pó apareça: imediatamente depois de derramar o sabonete nos moldes, cubra-o com um plástico ou papel encerado. Pressione o plástico ou papel na superfície do sabonete para impedir o contacto do ar.


Sabonetes de plantas


Na produção dos sabonetes de plantas, em vez de água poderá usar infusões de plantas. No entanto, desta forma a maioria das propriedades (a cor e a fragrância) são perdidas. Assim, a melhor maneira de obter um sabonete com uma fragrância apurada é adicionar ervas secas que devem ser previamente pulverizadas com óleo essencial. Assim, misture 1 colher de chá de ervas secas para fazer um sabonete 450g.


Outra forma de adicionar as propriedades das ervas ao sabonete é através da adição de óleos essenciais puros. Aplique duas colheres de chá de óleo essencial por cada 450g de sabonete.


Se pretender dar cor ao seu sabonete adicione algumas pétalas de calêndula ou umas gotas de óleo de palma. Se tem a pele normal adicione um pouco de ginseng, para peles oleosas as pétalas de hamamélia ou pétalas de rosa para as peles secas.

VEJA TAMBÉM:

COMENTÁRIOS:

lidia.michetti     10/05/2009 20:55hs.
Olá! Gostaria de tentar faze los ,poderiam colocar em outra unidade?
PEIXOTO Unidade     27/01/2008 08:39hs.
Ola
Poderiam colocar a unidade de pesagem em gramas desta fórmulas.

peixoto

Comentar:

Título:
Autor:   Anônimo (Efetue login para comentar identificado)
Comentário:    

OPÇÕES

ENTRE COM SEU LOGIN E SENHA

Olá visitante! Para interagir com este documento, você precisa estar logado.

Login:
Senha:  
Salvar Dados  |  Cadastre-se!

O cadastro é gratis! É muito fácil e rápido fazer o seu cadastro.

Home | Termos de Uso | Sobre o Tutomania | Publicidade | Contato
2005 - 2013 ® Tutomania.