Palavrôes e Xingamentos - Dicas, Aprenda Como fazer, Tutorial e Livros.

Tutomania - Dicas, Aprenda Como fazer, Tutorial...

Login:
Senha:
Salvar |  Cadastre-se

 

Home | Arquivo | Envio | Jogos Online | Política de Privacidade | Contato

Diversos... / Cool Stuff!

Palavrôes e Xingamentos

Conheça Melhor a desbocada história de alguns xingamentos bem populares. &¨%¨$##%$%¨%$##@@#$@!


DOCUMENTO:


ESTATÍSTICAS:

Comentários: 0 (Comentar)
Nota: 10 (1 votos) (Dar Nota)
Valor: 10 crédito(s)
Enviado por: helders_sa (11)
Publicado em: 23/01/06 19:54hs.

LINKS PATROCINADOS:

DOCUMENTO:

Palavrões

Por André Santoro e Cristina Ventura

 

Eles são tão antigos quanto a própria linguagem: quase todos os palavrões que falamos hoje em dia já eram usados pelos portugueses antes do Descobrimento do Brasil. Conheça Melhor a desbocada história de alguns xingamentos bem populares.

 

Idiota

         Na linguagem do cotidiano, idiotice virou sinônimo de ignorância.

Para os psiquiatras, idiotia é um tipo de deficiência que atrasa o desenvolvimento mental. A palavra vem do grego idiotes (?homem privado?), ou aquele que fica afastado da vida pública e só se preocupa com seus problemas.

Na Grécia antiga, onde o dever cívico era muito valorizado, o termo acabou sendo usado para desqualificar os alienados de plantão.

Os romanos se apropriaram da palavra e a versão latina idiota foi incorporada aos dicionários de vários idiomas.

 

Otário

         As gírias da malandragem não são exclusividade dos brasileiros. Esta palavra nasceu do lunfardo, uma língua não oficial que surgiu nos bairros pobres de Buenos Aires, na Argentina, no fim do século 19. No original portenho, o termo significa algo como ?homem ingênuo?.Em português, a ingenuidade acabou associada à tolice.

         O insulto foi extraído do mundo animal: otária é o nome do gênero dos leões ou lobos-marinhos (Otária flavescens), mamíferos aquáticos que se locomovem com dificuldade e se transformam em presas fáceis em terra firme.

 

Vá se f...

         É claro que este ?F? não se refere à singela expressão ?vá se ferrar!?... É impossível determinar quando a frase completa desse xingamento superpopuplar começou a ser usada, mas o verbo futere, em latim, quer dizer isso mesmo que você está pensando: ?copular? ou ?ter relações sexuais?. Em português ? e em vários outros idiomas ? a palavra foi associada a inúmeras ofensas. Em inglês, dezenas de expressões levam o termo fuck na receita, como fuck off ? que pode, entre outros significados mais pesados, ser entendida como ?coçar o saco? ou ?fazer besteira?.

 

P... que pariu

         Há algumas décadas, a expressão ?vá para a PQP? era usada em seu sentido literal: dizia-se para a pessoa voltar para o corpo da mãe, que era uma prostituta. Hoje ela tem um sentido menos agressivo que, na maioria das vezes, não passa de um ?não enche o saco?. Esse processo de suavização das palavras é comum durante o amadurecimento de um idioma.

         A palavra puta, que deu origem à expressão, pode ter vindo do latim putta, o mesmo que ?menina?, ou de putidus, que significa ?algo que cheira mal?.

 

Babaca

         É o xingamento caçula da turma. O registro mais antigo de que se tem noticia é de 1939 ? mas é possível que a palavra tenha surgido antes disso. O babaca é um tolo, um bobo ? ou, em bom português, um ?mane?. Há varia hipóteses sobre a origem dessa ofensa. Ela pode ter sido adaptada do tupi babaquara, que significa algo como ?o que nada sabe?. Também pode ter nascido do latim baburrus (?tolo?) ou do português mesmo, como adaptação de basbaque, que é a pessoa que fica espantada ou embasbacada com tudo.

 

Caralho!

         O significado atual todo mundo conhece: a palavra é usada como sinônimo de pênis, como interjeição de espanto ou intensificação de alguma expressão. Versões mais light como caraca e caramba também servem, mas não produzem o mesmo efeito... A origem do termo é duvidosa. Alguns etimologistas ? pesquisadores que estudam a origem das palavras ? afirmam que ele nasceu do grego charax, que significa ?estaca? ou ?objeto pontiagudo?.

 

Imbecil

         A palavra original em latim, imbecillis, significava ?fraco? ou ?frágil?. Tudo poderia ser chamado de imbecil: a saúde de alguém, a decisão de um juiz ou a qualidade da terra. Mas o sentido se transformou com o passar dos séculos e o termo virou sinônimo de tolo ou idiota.

Assim como esta ultima palavra, imbecil também foi aproveitada pela psiquiatria para caracterizar um paciente com atraso mental.

 

Vai tomar no c...

         O tabu da homossexualidade gerou essa expressão, que significa, literalmente, mandar alguém se submeter ao sexo anal. A palavra cu vem do termo latino culus, usado para se referir ao ânus ou ao traseiro. Em Portugal, cu é sinônimo de bunda e, por isso, a palavra não é tão ofensiva. No Brasil, o termo se tornou bem mais chulo porque acabou associado especificamente ao orifício anal.

 

 

*&¨%#$#%@#@

 

Retirado da revista Mundo Estranho, da Editora Abril, edição de dezembro de 2005 (46).

VEJA TAMBÉM:

COMENTÁRIOS:

Este documento não possui comentários. Prestigie quem o enviou e comente.

Comentar:

Título:
Autor:   Anônimo (Efetue login para comentar identificado)
Comentário:    

OPÇÕES

ENTRE COM SEU LOGIN E SENHA

Olá visitante! Para interagir com este documento, você precisa estar logado.

Login:
Senha:  
Salvar Dados  |  Cadastre-se!

O cadastro é gratis! É muito fácil e rápido fazer o seu cadastro.

Home | Termos de Uso | Sobre o Tutomania | Publicidade | Contato
2005 - 2013 ® Tutomania.